Pesquisa
Ouça em
Siga-nos
Pesquisa
Ouça em

Como se manter otimista em situações difíceis

como-se-manter-otimista-em-situacoes-dificeis

Parece quase impossível se manter otimista em momentos perturbadores. O ano de 2020 foi a prova disso: preocupação constante com a saúde, insegurança financeira, desigualdade social e desastres climáticos marcaram um ano bastante complicado. 

 

 

Mas como se manter otimista diante de tantos problemas?

  

 

Diferente do que muitas pessoas pensam, falar sobre otimismo não é um papo sem fundamento e sem base científica. Na verdade, diversas pesquisas vêm demonstrando como ser otimista pode melhorar drasticamente a saúde e o bem-estar.

 

Um estudo realizado pela Universidade de Michigan nos Estados Unidos vinculou o otimismo a um menor risco de derrame. Outro estudo publicado na revista científica de psicologia Clinical Psychology Review mostrou que as pessoas otimistas são mais resilientes em relação a problemas que encontram em seus caminhos.

  

 

Além disso, esse mesmo estudo apontou que o otimismo está associado a níveis mais altos de engajamento. Pessoas otimistas, por exemplo, adotam medidas proativas para proteger a saúde e, devido a isso, seus indicadores de saúde física são melhores que os dos pessimistas.

 

Otimistas também dispõem de mais energia para atingir seus objetivos e o resultado disso são benefícios no quesito socioeconômico.

 

 

Mas se ser otimista faz tão bem, por que nem todo mundo é? 🤔

 

 

Há uma série de explicações para essa pergunta. A resposta pode estar em uma questão socioeconômica, cultural ou, até mesmo, uma escolha de vida.

 

 

A principal diferença entre pessoas otimistas e pessimistas está em como elas lidam com uma situação difícil.

 

Não é sobre visualizar o momento complicado e apenas ignorá-lo. Ao contrário: otimistas reconhecem esse evento negativo, mas tentam não se culpar ou contorná-lo de alguma forma.

 

Se você é um pessimista considerado incurável, há uma boa notícia: é possível religar seu cérebro para pensar positivo. O otimismo está muito mais relacionado à prática e ao exercício da mente do que a predisposições genéticas.

 

 

Se você quer se tornar uma pessoa mais otimista, mesmo com tanta negatividade e problemas ao seu redor, há algumas medidas para você repensar e aplicar no seu dia-a-dia.

 

Mude seu pensamento para se manter otimista

 

Parece tão simples, não é mesmo? No entanto, não é. Mudar um padrão de pensamento é uma tarefa que requer paciência, atenção e tempo, mas os resultados podem ser muito satisfatórios.

 

 

Imagine a seguinte situação: você está diante de uma condição financeira difícil, sem conseguir visualizar uma saída imediata. Você pode escolher dois caminhos:

 

 

  • ter pensamentos pessimistas de que será impossível resolver e que a situação está perdida…
  • ou você pode tentar pensar positivo, relembrando seu próprio cérebro que é essa uma questão momentânea e que logo você encontrará uma forma de resolvê-la. 

Qual desses pensamentos lhe parece mais promissor? 😉

 

Como se manter otimista: algumas dicas úteis

 

Há inúmeras maneiras de se tornar uma pessoa mais otimista. Para iniciantes, pensar em coisas positivas e felizes é um bom começo. Outro bom exercício é reescrever ao final do dia os bons momentos que aconteceram na sua rotina, desfocando assim sua energia das coisas ruins.

 

 

Repensar sobre momentos ruins da sua vida sob lentes mais positivas ajuda a treinar e a acionar diferentes regiões do seu cérebro. Você começa fazendo esses exercícios de uma forma mais consciente, repetindo para você mesmo cada passo. No entanto, com o tempo, esse padrão de pensamento acaba se estabelecendo em sua vida.

 

 

Temos mais umas dicas para você. 👇

 

 

Visualize sua melhor versão

 

Visualizar sua versão do futuro é aquele exercício básico que todo mentor de carreira indica. Como você se vê daqui a cinco ou dez anos? Refletir sobre questões como essas e traçar possíveis planos ajudam a pensar mais positivo. Afinal, é do seu futuro que estamos falando.

 

 

Às vezes, esse é um exercício difícil, pois pode gerar ansiedade em algumas pessoas. Tenha em mente que essa técnica não é para ser feita com pressão. As circunstâncias mudam e os planos também. Você não precisa estipular que quer ser o presidente da sua empresa daqui a dez anos. Talvez você queira apenas uma casa com jardim ou dois cachorros nesse tempo.

 

 

Estudos mostram que pensar no futuro traz mais significado para nossas vidas. Mas pensar demais também pode ser um problema. 

 

2020 mostrou que o presente importa tanto quanto o futuro. Você não precisa ir tão longe para pensar em seu futuro: pense no amanhã e vá vivendo um dia de cada vez.

 

Pesquisadores sugerem em um artigo publicado que é uma boa ideia modificar aquele famoso exercício de gratidão, o qual pede que você escreva três coisas boas que aconteceram em seu dia. Ao invés disso, antecipe três coisas boas que você gostaria que acontecesse amanhã.

 

Assim, você pode tentar se esforçar para que alguma dessas coisas realmente se realize. 

 

Tenha consciência que você não pode controlar tudo

 

Uma coisa é certa: é impossível ser otimista e pensar positivo o tempo todo. Porém, pensar negativo a maior parte do tempo não é a melhor opção. É importante ter consciência que em sua vida haverá momentos bons e ruins, e que você não pode controlar tudo. 

 

Uma das maiores lições que a pandemia de Covid-19 nos trouxe foi exatamente essa. Nem sempre a vida seguirá suas expectativas ou planos. Muitas coisas podem mudar durante o tempo.

 

 

Por isso, se permita ficar triste. Afinal, você não vai conseguir controlar tudo, mas tome cuidado para não se afundar em pensamentos negativos.

 

Quando estiver muito preocupado sobre determinada questão, pare um minuto e pense: eu tenho controle sobre isso? Se a resposta for sim, tente pensar em uma solução. Se a resposta for não, evite colocar tanta energia sobre algo que você não pode controlar.

 

 

Nem tudo está sob seu controle, mas você consegue controlar como você reage a essas situações.

 

Discuta com você mesmo

 

Imagine essa outra situação: você estava esperando o resultado de uma grande oportunidade de trabalho, conseguindo se manter positivo, porém o resultado sai e você não foi aprovado. Todo seu otimismo vai embora em um piscar de olhos.

 

 

Novos pensamentos surgem em sua mente: “Não sou bom o bastante”, “Sou um profissional ruim”, “Eu deveria mudar de carreira”. Mas entrar nesse espiral de pensamentos negativos só vai te deixar pior.

 

 

Nesse momento, reconheça a voz interna que está fazendo esses comentários negativos. Logo, argumente com essa voz como se fosse uma terceira pessoa. A repetição de pensamentos positivos vai te trazendo de volta à realidade.

 

 

Como você argumentaria?

 

 

Responda os comentários ruins: “Eu sou bom, apenas não é meu momento”, “Eu encontrarei uma empresa que se encaixa melhor em meu perfil”, “Eu não mudarei de carreira, eu amo o que faço”.

 

 

Como escreve Katie Hawkins-Gaar em seu artigo, ao interromper esses espirais de negatividade e ao se cercar de pensamentos positivos, você se planeja para visualizar os melhores cenários possíveis. Assim, você se prepara para seu próprio sucesso.

 

 

E você, já conhece alguma dessas técnicas ou tem sua própria forma de se manter otimista? Conte para a gente nos comentários! 🙂

 

 

 

AUTOR

Cristian Amaral 🇧🇷 

 

Eu movo as palavras de lá para cá, e escolhi a web como tabuleiro desse jogo. Assim como todo profissional online, encaro diariamente o tsunami de informações e tecnologias, mas sempre atento ao fato de que, no final das contas, seguimos lidando com pessoas.

 

cristian@k2ponto.com.br

LinkedIn

 

 

 

Discutir sobre

Leitura adicional

por-que-temos-tanto-medo-de-arriscar

Por que temos tanto medo de arriscar?

Ocupando um espaço entre os conceitos de nocivo e saudável, o medo de arriscar é, em primeiro lugar, um mecanismo de defesa. Negligenciá-lo por completo é imprudente; deixá-lo tomar conta dos seus atos pode atrasar a sua vida. Entenda como encontrar...

como-pequenos-habitos-podem-melhorar-a-sua-vida

Como pequenos hábitos podem melhorar a sua vida

Nesse texto você vai aprender dicas sobre pequenos hábitos que trazem grandes benefícios para o seu bem-estar. São fáceis de aplicar e você pode começar hoje mesmo.   Se você está lendo esse texto é porque, provavelmente, gostaria de melhorar o seu...

criatividade-nao-tem-a-ver-so-com-arte

Criatividade não tem a ver só com arte

Sabe aquele dia em que você tem poucos ingredientes em sua geladeira, mas precisa fazer um almoço rápido? Sem muito tempo para pensar, você decide inventar uma refeição… e não é que fica super gostosa?     Essa é a sua criatividade agindo em um...

procrastinacao-o-que-e-e-como-supera-la

Procrastinação: o que é e como superá-la

Entender como funciona a procrastinação é o primeiro passo para superá-la. Nesse artigo, você vai conhecer algumas técnicas para vencer esse obstáculo de forma serena e sem sofrimento, a partir da readequação de alguns hábitos e da sua postura...

Rádio ao vivo

Ooops ! You forgot to enter a stream url ! Please check Radio Player configuration